Após assaltos, Uber passa a exigir CPF para pagamento em dinheiro

Documento informado pelo passageiro passará por um banco de dados para validação, diz a empresa

O Uber passará a exigir cadastro de CPF aos usuários que pagam a corrida em dinheiro na capital. A medida deve entrar em vigor nos próximos dias.

 

A medida é uma resposta da empresa as reclamações recorrentes de assalto desde que a liberação de pagamentos em espécie, em julho do ano passado. No dia 1º deste mês, uma cliente foi vítima de sequestro relâmpago na Vila Olímpia. A mulher havia solicitado uma viagem na categoria Uber X – não compartilhada – para fugir da chuva.

De acordo com a empresa, o número informado pelo passageiro passará por um banco de dados para validação. Serão  criadas novas medidas de segurança, ainda não reveladas. Os motoristas já foram informados da novidade por e-mail.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Elifas Miguel

    Novos usuários do aplicativo Uber ganham R$10 por corrida, em suas 2 (duas) primeiras corridas ao inserir, na aba promoções do seu aplicativo, o código promocional: n22dz4e3ue.