Clique e assine por apenas 6,90/mês

Homem conhecido como sósia de Roberto Carlos é alvo da PF

Roberto Boni é investigado no inquérito dos atos antidemocráticos do STF

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 16 Jun 2020, 16h17 - Publicado em 16 Jun 2020, 16h12

A Polícia Federal deflagou uma ação de busca e apreensão contra investigados no inquérito chefiado pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, que investiga a origem de recursos de grupos suspeitos de promoverem manifestações com pautas antidemocráticas. Nesta terça-feira (16) diversas figuras bolsonaristas foram alvo da PF, entre eles, Roberto Boni, de acordo com Chico Barney, do UOL.

Além de ativista político, Boni também é conhecido por ser “sósia” de Roberto Carlos, e realizar diversos shows vestido como o Rei. Na lista da Polícia Federal também estão nomes como os blogueiros Allan dos Santos e Fernando Lisboa, além do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ).

+ Assine a Vejinha a partir de 6,90

O artista costuma postar nas redes sociais suas opiniões políticas em mensagem favoráveis ao presidente Jair Bolsonaro. Recentemente o ministro da educação Abrain Weintraub elogiou um cover de Boni de Roberto Carlos e o artista, em resposta, fez um vídeo agradecendo o comentário de Weintraub. Boni costuma compartilhar posts concordando com posicionamentos políticos pelas quais o ministro é conhecido, como “a luta contra o globalismo e o comunismo”.

Continua após a publicidade

Publicidade