Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

São Paulo terá simulado de catástrofe no Clube Hebraica com 40 “vítimas”

O objetivo é preparar e testar a ação de forças de segurança e resgate na gestão de crise e resposta a um acidente de grande proporção

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 21 Maio 2022, 17h47 - Publicado em 21 Maio 2022, 14h09

No domingo (22) acontece na capital paulista o Simulado Integrado de Resposta a Desastres. É a sexta edição da ação, organizada pela Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein. Participam profissionais da saúde e agentes de forças públicas e privadas. 

Desta vez, o exercício simulará o colapso da estrutura do Clube Hebraica, na Zona Oeste da capital, com envolvimento de cerca de 40 vítimas. O objetivo é preparar e testar a ação de forças de segurança e resgate na gestão de crise e resposta a um acidente de grande proporção.

+ Dark kitchens na cidade: comida de grife, fumaça e casos de confusão

A simulação contará com voluntários que atuarão como vítimas, agentes de segurança e assistência, cinco hospitais da capital e cinco unidades privadas de resgate e assistência à saúde.

Um dos participantes é o A.C.Camargo Cancer Center, instituição especializada em oncologia que receberá uma “vítima” com câncer. Ela será encaminhada para o pronto-atendimento do hospital. O exercício ainda contará com o Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP e o Hospital Universitário (HU) da USP, para onde as demais “vítimas” serão direcionadas.

A atividade contou também com a participação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Corpo de Bombeiros, Polícia Militar Metropolitana, Batalhão de Policiamento de Trânsito, Comando de Aviação da Polícia Militar – CAvPM (Águia), Canil do Batalhão de Choque, Polícia Civil do Estado de São Paulo, Serviço Aerotático (SAT-Pelicano), Polícia Militar do Estado de São Paulo, Defesa Civil, Guarda Civil Metropolitana, Esquadrão Antibomba (GATE), Grupo Armado de Repressão a Roubos (GARRA), Departamento de Operações Policiais Estratégicas (DOPE), Grupo Especial de Reação (GER), grupo de atendimento a emergências HATZALÁ e a Escola de Bombeiros (CFAB). Além do apoio da SPTrans e Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

O simulado encerra o 6º Simpósio Internacional de Gerenciamento de Resposta em Catástrofe realizado nos dias 20 e 21 de maio, organizado pelo Einstein, no qual serão abordados aspectos ligados à resposta a desastres, gerenciamento de crise, redução de risco de desastre, prevenção de acidentes, Sistema de Comando em Emergências (SICOE) e ajuda humanitária em situações de crise e emergências humanitárias complexas.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)