Clique e assine por apenas 6,90/mês

Interior e capital têm protestos contra reformas de Temer

Professores também manifestaram na Avenida Paulista conta proposta da reforma de Previdência

Por Estadão Conteúdo - Atualizado em 25 Mar 2017, 16h29 - Publicado em 25 Mar 2017, 16h21
Professores protestam na Avenida Paulista contra reforma da Previdência CRIS FAGA/FOX PRESS PHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO/Veja SP

Sindicalistas e trabalhadores fizeram um protesto contra as reformas propostas pelo presidente Michel Temer (PMDB) neste sábado (25), em Sorocaba, interior de São Paulo. Cerca de 250 manifestantes, segundo a Guarda Municipal – a Polícia Militar não contabilizou o número -, se reuniram no centro da cidade e saíram em marcha pelas ruas centrais.

Os principais alvos das faixas e das palavras de ordem eram a reforma da previdência e a lei que aprova a tercerização de qualquer atividade trabalhista. Os manifestantes representavam 62 centrais sindicais da região. Os organizadores estimaram em 500 os manifestantes. Agentes de trânsito e a Polícia Militar acompanharam a manifestação, encerada sem incidentes.

Em São Paulo também houve protesto na manhã deste sábado (25), na Avenida Paulista: professores se reuniram no Masp para se manifestar conta a proposta da reforma de Previdência. Com cartazes e carros de som contra as propostas enviadas ao Congresso pelo governo federal, eles seguiram em caminhada pela rua da Consolação e se dispersaram na Praça Oswaldo Cruz, no Paraíso. 

Publicidade