Continua após publicidade

Presos criminosos que queriam vender 1kg de urânio por 90 mil dólares

Eles disseram possuir cerca de 2 toneladas do material em estoque; metal é  usado para fabricação de bombas

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
12 abr 2022, 16h51

Dois homens foram presos na cidade de Guarulhos (Grande São Paulo) tentando vender 1kg de urânio por 90 mil dólares. A prisão ocorreu na última sexta-feira (8) e só foi noticiada nesta terça-feira (12) pela Polícia Civil.

+Mulher morre e outra é ferida após PM de folga reagir a assalto no centro de SP

Os agentes conseguiram identifica-los após uma denúncia feita por uma pessoa que atua no ramo de metais. Sem dizer que eram policiais civis, eles foram até o imóvel em que a dupla de criminosos estava no bairro Vila Barros e disseram estar interessados em adquirir o produto.

Os homens disseram que esta seria apenas uma “amostra” de um lote de duas toneladas que estariam disponíveis em estoque. Eles receberam voz de prisão por crime contra o patrimônio e porte de material nuclear, segundo a Polícia Civil.

Continua após a publicidade

+Justiça mantém Gil Rugai preso em regime fechado por matar pai e madrasta

A origem do material ainda é incerta. Ao serem presos, um dos homens disse que o produto veio do Acre, e o outro, de Rondônia, e que teria como cliente o PCC.

As amostras foram recolhidas por um técnico do Ipen (Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares) para melhor análise. Quem cuidará do caso será a Justiça Federal.

Continua após a publicidade

+Metrô quer arrecadar R$ 316 mi com venda de terrenos e pontos comerciais

Apesar de estar relacionado na maioria das vezes como um dos elementos empregados para fabricação de armas nucleares, o urânio também é usado na medicina, agricultura e geração de energia como combustível nuclear.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.