Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Prefeitura reabre postos de atendimento com novos protocolos em SP

Agendamento será obrigatório e horário de funcionamento limitado. Saiba mais

Por Agência Brasil 8 jun 2020, 19h38

A prefeitura de São Paulo reabriu hoje (8) os cinco pontos do Descomplica SP, que promove atendimento em diversos serviços, como emissão de carteira de trabalho, solicitação do Bilhete Único e solicitação do seguro desemprego. Os locais vão funcionar seguindo protocolos para reduzir a disseminação do coronavírus estabelecidos para as atividades econômicas que puderam retomar as atividades.

O atendimento acontecerá somente mediante agendamento e com um limite de 20% da capacidade física dos postos. O horário de funcionamento será de apenas quatro horas diárias — das 10h às 14h. Haverá ainda medição de temperatura na entrada dos pontos de atendimento. Caso as pessoas tenham indício de febre, serão encaminhadas a uma unidade básica de saúde.

+ Assine a Vejinha a partir de 6,90

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, disse que os procedimentos serão estendidos a todos os outros 120 serviços municipais que estão funcionando. “Temos 120 equipamentos abertos de atendimento à população, das áreas de assistência social, direitos humanos, da fazenda, desenvolvimento econômico e trabalho. Todos eles a vão ter que ser adaptados pelo decreto que vai ser publicado amanhã no Diário Oficial”, disse.

Reabertura

Covas informou que a prefeitura já recebeu 96 pedidos de aprovação de protocolo para setores econômicos na cidade. Parte desses pedidos, segundo o prefeito, são de setores que só poderão retomar as atividades nas próximas etapas da quarentena.

De acordo com o planejamento do governo estadual, as cidades podem reabrir gradualmente o comércio e outras atividades, reduzindo o isolamento social, seguindo uma classificação de cinco níveis. As medições – com as cores vermelha, laranja, amarela e verde – vão desde o isolamento completo até o fim das restrições, de acordo com critérios que avaliam o estágio de transmissão do coronavírus no município e a disponibilidade de leitos em hospital.

A capital paulista se encontra atualmente na segunda fase – laranja – e tem recebido as propostas das associações empresariais para estabelecer os protocolos de reabertura, de forma a reduzir os riscos para trabalhadores e clientes. Os diferentes setores serão autorizados a reabrir à medida que esses planos forem aprovados.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês