Continua após publicidade

Prefeitura protocola projeto de lei para criar Parque do Bixiga

Grupo Silvio Santos pede valor acima do previsto pelo Ministério Público e pela gestão municipal para desapropriação do terreno

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
9 abr 2024, 16h54

A Prefeitura da capital paulista encaminhou à Câmara dos Vereadores um projeto de lei que prevê a criação do Parque Municipal do Rio Bixiga, no Centro. O texto foi protocolado na noite desta segunda-feira (8).

Para ser aprovado, o projeto tem que passar pelas comissões da Câmara e, então, ser votado pelos vereadores.

A gestão de Ricardo Nunes (MDB) afirma que a criação do espaço está alinhada com o Plano Diretor por ampliar os espaços públicos e áreas verdes, proteger o patrimônio histórico e cultural e recuperar as áreas centrais da cidade.

Atualmente, o terreno do Parque do Bixiga, entre as ruas Jaceguai, Abolição e Santo Amaro, pertence ao Grupo Silvio Santos, que pretendia construir três prédios de até 100 metros no local.

Continua após a publicidade

O grupo propôs a venda do terreno à Prefeitura por R$ 80 milhões, no entanto, o valor está acima do que foi estipulado pela gestão municipal em dezembro do ano passado, quando o órgão afirmou que iria destinar R$ 51 milhões de reais para a implementação do parque, provenientes de um acordo indenizatório com a Uninove.

Há anos o terreno é fruto de uma disputa judicial entre o Grupo Silvio Santos e o dramaturgo Zé Celso, fundador do Teatro Oficina, localizado no entorno. O artista, que morreu em julho do ano passado, criticava a construção dos prédios e defendia ferrenhamente o projeto do parque.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.