Continua após publicidade

Prefeitura de SP divulga medidas para combater varíola dos macacos

O uso de máscaras é recomendado nos espaços para evitar a transmissão

Por Redação VEJA São Paulo
Atualizado em 27 Maio 2024, 21h39 - Publicado em 25 ago 2022, 00h42

A Prefeitura de São Paulo divulgou nesta quarta-feira (24) um pacote de medidas de prevenção e controle à varíola dos macacos em escolas municipais, restaurantes, supermercados, salões de beleza, academias, hotéis e motéis.

+ Como São Paulo se prepara para conter o avanço da varíola dos macacos

As recomendações são semelhantes àquelas adotadas durante a pandemia de Covid-19, como o uso de máscaras, higienização de superfícies e disponibilização de recipientes com álcool em gel 70%.

O estado de São Paulo teve 2.528 casos confirmados da doença até agora, concentrando quase 65% dos registros em todo o país. Na capital, são 1.880 confirmações. Há outros 689 casos suspeitos e sob análise.

O Brasil é o terceiro país do mundo com mais casos de monkeypox, a maioria deles em São Paulo, segundo boletim do Ministério da Saúde.

Continua após a publicidade

Veja a seguir as medidas recomendadas.

Recomendações em escolas

  • Lavar sempre as mãos e usar álcool em gel 70%;
  • Não compartilhar objetos pessoais;
  • Manter os ambientes ventilados;
  • Todos os maiores de 2 anos de idade devem usar máscara;
  • Em um caso suspeito, a escola tem que pedir aos pais que levem a criança, imediatamente, ao serviço de saúde;
  • A escola deve ainda informar a Unidade Básica de Saúde mais próxima;
  • Pessoas com a doença devem ser isoladas por, no mínimo, 21 dias.

Recomendações em estabelecimentos

  • Evitar contato íntimo, como beijar, abraçar ou manter relações sexuais com pessoas que tenham erupções cutâneas e/ou que tenham tido diagnóstico confirmado para monkeypox;
  • Usar máscara (cobrindo boca e nariz) para proteção contra gotículas e saliva;
  • Não compartilhar roupas de cama, toalhas, talheres, copos, brinquedos objetos de uso pessoal;
  • Higienizar frequentemente as mãos com água e sabão ou álcool em gel.

+ Assine a Vejinha a partir de 9,90.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.