Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Policial militar de folga morre após reagir a assalto no centro

Vair Soares da Silva, de 49 anos, era viúvo, tinha três filhos e se aposentaria em dezembro de 2018

Por Redação VEJA São Paulo 27 fev 2018, 09h43

Um policial militar, que estava de folga, morreu na tarde desta segunda (26) após reagir a um assalto no Brás, na região central de São Paulo. Vair Soares da Silva, de 49 anos, era viúvo, tinha três filhos e se aposentaria em dezembro de 2018. As informações são do G1.

Uma câmera de segurança gravou o momento em que um homem se aproxima do policial. Na sequências, eles começam uma briga. Vair cai e a arma do policial cai na calçada. O ladrão pega a pistola e a leva para a moto. Eles recomeçam a briga e o policial é baleado. O criminoso fugiu.

Vair Soares da Silva chegou a ser socorrido e encaminhado para a Santa Casa, no bairro da Santa Cecília, mas não resistiu aos ferimentos. Ele trabalhava como guarda no presídio militar Romão Gomes, na Zona Norte da capital paulista.

Publicidade