Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Pai de bebê atropelado em rodovia é preso

Ele responde por homicídio culposo, quando não há intenção de matar

Por Veja São Paulo Atualizado em 27 dez 2016, 18h20 - Publicado em 25 abr 2016, 18h40

No último domingo, um bebê de seis meses foi atropelado na rodovia Deputado Ciro Albuquerque (SP-225), em Pirassununga, cidade a cerca de 215 quilômetros de São Paulo. Segundo o jornal local EPTV, o pai da criança, de 18 anos, foi preso hoje (25) por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, e levado para a Cadeia Pública da cidade. 

De acordo o depoimento do pai da criança, a porta do Fusca abriu e o bebê, que não estava em um assento apropriado, caiu na pista e foi atropelado por outro veículo. De acordo com a Polícia Militar, o casal seguia da cidade de Dois Córregos para Aguaí. Todos estavam nos bancos da frente do automóvel e viajavam sem cintos de segurança. O recém-nascido estava no colo da mãe, de apenas 14 anos.   

Acidente bebê

Acidente bebê

+ Mudança no trânsito e obras do metrô complicam situação da Praça 14 Bis

A mãe, no entanto, afirmou à polícia que ela e o marido tentavam fazer o carro pegar no tranco após o carro ter sofrido uma pane. Ela segurava o bebê no colo e o deixou cair, sendo atropelado pelo veículo do casal. A jovem, que está em estado de choque, foi encaminhada o Conselho Tutelar de PIrassununga.

O corpo do bebê foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) e espera o Conselho Tutelar localizar os parentes para realizar a liberação. Um conselheira afirmou à TV local que o casal é cigano. Caso ninguém da família apareça, o corpo será enterrado em Pirassununga.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade