Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Novo edifício traz um sopro de modernidade aos Jardins

Em meio ao bairro centenário, empreendimento residencial surge com ares contemporâneos

Por Abril Branded Content 31 jul 2017, 11h00

Uma das áreas mais elegantes de São Paulo, a região dos Jardins nasceu de um projeto do urbanista inglês Barry Parker, na década de 1910. A ideia era trazer para o país o conceito de cidade-jardim, ou seja, um espaço com habitações de alto padrão, muito verde e qualidade de vida aos moradores. Isso pode ser visto hoje nos prédios, casas e museus do bairro: muitos ainda conservam toda a sofisticação da época em que foram criados, como o Museu da Casa Brasileira e o Monumento aos Heróis da Travessia do Atlântico.

Em meio a tantas construções centenárias, é raro ver edifícios residenciais novos e com traços mais modernos. Mas a Rua José Maria Lisboa está trazendo esse toque de modernidade à região. Com projeto assinado pelo renomado arquiteto Jonas Birger, o edifício J330, da incorporadora Gafisa, tem a modernidade, a facilidade e o conforto que muitos paulistanos procuram – e sem abrir mão de morar nesse pedaço tão charmoso da capital. “O projeto espelha a contemporaneidade dos Jardins. É icônico e despojado”, conta o arquiteto.

A fachada já impressiona pelas formas geométricas e os materiais nobres usados, como pele de vidro e alumínio composto. E o interior segue o mesmo padrão de qualidade e design, com diferenciais exclusivos, como estrutura completa de ar-condicionado na sala e nos quartos, portas e janelas maiores que o padrão, contrapiso acústico e churrasqueira no terraço.

Interior do apartamento decorado Gafisa/

Nas áreas sociais do J330, o morador vai poder desfrutar de mais conforto e exclusividade: um bicicletário com ponto para recarga de bike elétrica, jardim vertical de temperos no térreo, piscina coberta e climatizada com raia de 25 metros, salão de festas gourmet, sauna, espaço fitness, bosque, playground e projeto de segurança personalizado, que inclui hall privativo e elevadores sociais com biometria. Com tantos atrativos, o empreendimento oferece o melhor dos dois mundos: viver em um bairro cheio de história, mas com todo o conforto e sofisticação que a arquitetura atual pode proporcionar.

Um tesouro da capital

Em 2002, o bairro dos Jardins foi tombado como patrimônio da cidade pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp).

 

Continua após a publicidade
Publicidade