Clique e assine por apenas 6,90/mês

Vídeo: homem branco desfere ataques racistas contra motoboy

Morador aponta para sua própria pele e diz para entregador: "Você tem inveja disso, morou?"

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 7 ago 2020, 13h00 - Publicado em 7 ago 2020, 12h43

Um vídeo, publicado nas redes sociais, mostra um motoboy sendo agredido verbalmente por um morador de um condomínio de luxo, na cidade de Valinhos, no interior de São Paulo. O homem branco pergunta ao entregador, identificado como Mateus, quanto ele ganha por mês. Ele ainda ofende o entregador dizendo que Mateus teria inveja da condição social dos moradores do condomínio. Em dado momento, ele aponta para sua pele e diz: “Você tem inveja disso, morou?”

Mateus, que no início do vídeo se mantém de cabeça abaixada, reage às agressões, dizendo que o morador não o conhece, muito menos sabe de sua condição social. Ele também pergunta se o morador trabalhou para conseguir o patrimônio que tem ou se teria herdado da família. Não há informações até agora do motivo pelo qual a discussão começou.

Uma senhora, que se apresenta como mãe de Mateus, publicou junto ao vídeo um desabafo: “Bom dia, vamos deixar esse escroto de camiseta azul famoso, pois ele foi racista com um entregador que estava apenas fazendo o seu trabalho. Esse ser xingou e humilhou um trabalhador se achando melhor que ele, por morar em um condomínio de luxo. Pois saiba ninguém é melhor que ninguém por ser rico ou ser branco. E como é de família rica isso vai acabar no esquecimento como sempre acontece, então por isso resolvi postar o vídeo. Isso é racismo e é crime. Esse entregador é meu filho, um trabalhador honesto, que não precisa sentir ou ter inveja de um escroto como esse, pois mesmo tendo dinheiro pra compra tudo o que quiser, jamais comprará a educação o respeito. Pois isso vem de berço. Dinheiro não compra isso jamais.”

Continua após a publicidade
Publicidade