Clique e assine por apenas 6,90/mês

Manifestantes pedem impeachment de Gilmar Mendes

Protesto ocorre na Avenida Paulista na tarde de domingo (17)

Por Redação VEJA São Paulo - 17 Nov 2019, 16h27

Milhares de pessoas se reuniram na Avenida Paulista, na altura da Fiesp, na tarde deste domingo (17) para pedir o impeachment de Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal.

A mobilização foi dos grupos Nas Ruas, Movimento Conservador, Movimento Brasil Conservador e o Movimento Avança Brasil, que também fizeram campanha nas redes sociais para o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Eles também apoiaram a eleição de Jair Bolsonaro.

Durante a manhã, a hashtag #BrasilContraGilmarMendes já liderava os trending topics (tópicos mais comentados) do Twitter com mais de 250 mil menções.

Entre as palavras de ordem, pedem que os integrantes do Senado Federal “escute o povo” e abra o processo de impedimento contra o ministro Gilmar Mendes. Somente os senadores podem afastar um magistrado da Suprema Corte em caso de crimes de responsabilidades. Para os manifestantes, Mendes tem sido parcial ao soltar presos da Lava Jato, acusados de corrupção.

Continua após a publicidade

Até hoje, nunca um ministro do Supremo sofreu impeachment.

Publicidade