Mancha Alvi Verde anuncia reestruturação

Após a morte de fundador, a torcida palmeirense anunciou a renúncia de cargos da diretoria

Marcha Verde Torcida Mancha Alvi Verde, fundada em 1983

Torcida Mancha Alvi Verde, fundada em 1983 (Antonio Milena/Veja SP)

Em comunicado, a torcida Mancha Alvi Verde anunciou nesta sexta (10) que a “atual diretoria se comprometeu a assinar a renúncia de seus cargos”. O comunicado apareceu postado na página oficial da torcida no Facebook, porém nomes ainda não foram citados.

Sabe-se que após a morte de Moacir Bianchi, ex-presidente e fundador da torcida, assassinado há quase duas semanas, muitas especulações surgiram e abalaram a estrutura da torcida. O atual presidente, Anderson Nigro, prestou depoimento para contribuir com as investigações, que seguem até o momento.

A sede da torcida, localizada na Rua Caraíbas, em Perdizes, foi pintada de bege e seu mascote não está mais na porta. Em redes sociais, a torcida informou que não fechará as portas, mas está com as atividades suspensas por tempo indeterminado. Uma passeata para homenagear o fundador foi marcada para sábado (11), com destino ao estádio Allianz Arena.

Segue comunicado oficial na íntegra:

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s