Mãe confessa assassinato do filho de 19 anos em Ribeirão Preto

Segundo informações do jornal 'A Cidade', ela afirmou ter matado o filho a facadas no dia 29 de dezembro com a ajuda do marido

A gerente Tatiana Lozano Pereira confessou na tarde desta quarta (11) ter matado o filho de 19 anos em Cravinhos, região metropolitana de Ribeirão Preto. O crime foi registrado pela Polícia Civil.

Veja também

Segundo informações do jornal A Cidade, ela afirmou ter matado o filho a facadas no dia 29 de dezembro com a ajuda do marido, padrasto de Itaberlly, que incendiou o corpo em um canavial. A justificativa para o crime, segundo ela, é que o jovem usava drogas e “levava homens para casa”.

0212 Itaberlly com a mãe, o irmão cacula e o padrato (Reprodução/Facebook)

Itaberlly com a mãe, o irmão cacula e o padrato (Reprodução/Facebook) (/)

No sábado (7), foi encontrado um cadáver carbonizado que poderia ser do rapaz. O boletim de ocorrência do desaparecimento só teria sido registrado pela família na segunda (9). Os dois trabalhavam juntos em um supermercado. Ainda segundo o jornal, o depoimento diz também que Itaberlly ameaçava de morte os familiares.

Ambos tiveram a prisão temporária decretada por homicídio duplamente qualificado e ocultação de cadáver.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. surreal

  2. wilker kleber tavares de melo

    Gente, isso realmente aconteceu? É inacreditável!!

  3. Absurdo ! Monstruosidade! Isto não é uma mãe , nem é um pai! Tenho um filho de 19 anos gay e amo tremendamente ele! Amo tanto que daria minha vida pela certeza dele ser feliz! Essa mulher é um ser desprezível, nem digna de pena! O amor de instruir e fazer da vida desse filho a mais digna e linda , de lutar por aceitação, ela desprezou! Estamos aqui para amar incondicionalmente e fazer as pessoas serem melhores! A sociedade precisa parar de querer dizer como os outros devem sentir seu amor! Amor é amor! Que amem! Com respeito e dignidade , com amparo da família a sociedade é obrigada a respeitar, quanto mais os próprios pais. Que Deus tenha piedade desse casal monstruoso, porque eu não tenho!

  4. Cleber Almeida

    a prova q a veja mente… esse crime aconteceu em Cravinhos/SP e nao Ribeirão Preto…

  5. Cleber Almeida

    esse crime aconteceu em Cravinhos/SP e nao Ribeirão Preto…

  6. Silvia Maira

    Cléber Almeida, na matéria está escrito Cravinhos, região metropolitana de Ribeirão Preto

  7. Vivian Cristina de Menezes Eugenio Kauling

    Eu não tenho dúvida que eu morreria. Pelo meu filho…da uma tristeza na alma ler isso…Sabe o que moveu esse crime hediondo ?o ódio…o preconceito pelo fato dele ser gay…se usava droga apenas precisava de ajuda e se trblahava era um jovem que na desordem produzia…meu Deus essa não terá chance nem na prisão!