Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Leilão de bens da Love Story, que faliu, inclui sofá, som e bebidas

Uma das boates mais famosas da cidade teve a falência decretada em fevereiro; bens foram avaliados em R$ 5.562.442,46

Por Redação VEJA São Paulo 29 abr 2021, 16h04

A boate Love Story, que teve a falência decretada em 10 de fevereiro, terá os bens leiloados pela Justiça de São Paulo. Entre os itens estão equipamentos, como frigobar, notebook, aparelhagem de som, sofá, mesa e câmeras de segurança, além de bebidas lacradas e letreiros luminosos.

No total, os bens foram avaliados em R$ 5.562.442,46. O leilão tem início no dia 20 de maio e irá ocorrer até o dia 4 de junho na Rua Quatá, 733, Vila Olímpia, na Zona Sul.

A Love Story, uma das boates mais conhecidas da capital, ocupava um galpão nas imediações da Rua da Consolação, no Centro.

Os donos da danceteria entraram com pedido de recuperação judicial em agosto de 2018. O objetivo era conseguir congelar dívidas, na casa dos R$ 1,7 milhão. A pandemia do coronavírus, no entanto, impediu o funcionamento de casas noturnas por meses, o que levou ao descumprimento do plano de recuperação judicial e outros compromissos assumidos pela Love Story.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade