Clique e assine por apenas 5,90/mês

Juiz Sérgio Moro é ovacionado em restaurante

Vídeo do episódio está circulando pelo WhatsApp; relembre outras manifestações públicas em restaurantes

Por Veja São Paulo - Atualizado em 5 dez 2016, 12h15 - Publicado em 19 jul 2015, 13h33

O assunto pode parecer indigesto, mas está cada vez mais comum em restaurantes de São Paulo e outras capitais. Entre a entrada e a sobremesa, vira e mexe políticos e outras personalidades ligadas ao meio são vaiadas – ou ovacionadas.

+ Paulistanos fazem panelaço contra Eduardo Cunha

Aqui na cidade, as manifestações públicas contrárias a personalidades ligadas ao PT são as mais frequentes. O ex-ministro Guido Mantega, que  já tinha sido vaiado na lanchonete do Hospital Albert Einstein, por exemplo, foi alvo em maio de protesto no restaurante Aguzzo Cucina & Vino.

No mesmo mês, o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha foi hostillizado na churrascaria Varanda. Para evitar desconforto aos clientes, o restaurante adotou inclusive uma estratégia para políticos não serem hostilizados.

Além das vaias, há também os aplausos ruidosos.

Continua após a publicidade

+ Detalhes sobre o protesto contra Guido Mantega no Aguzzo

Responsável pelo processo da Operação Lava, o juiz federal Sérgio Moro foi ovacionado em um restaurante. O vídeo, que está circulando pelo WhatsApp nesta semana teria sido gravado em um restaurante em Curitiba e mostra o momento da saída do salão. Confira:

Durante lançamento de livro na Livraria Cultura, ele já havia sido aplaudido e recebido flores de populares.

Continua após a publicidade
Publicidade