Clique e assine por apenas 6,90/mês

Morar com inteligência é pensar no futuro

Novos empreendimentos imobiliários aliam qualidade de vida a economia de recursos e proporcionam condomínios mais verdes

Por Abril Branded Content - Atualizado em 27 Maio 2019, 18h31 - Publicado em 17 mar 2018, 10h00

A preocupação com os impactos ambientais das moradias é crescente no mundo todo. Com a verticalização das cidades, mitigar o potencial poluidor dos condomínios residenciais tem sido um grande desafio para arquitetos e construtoras. Hoje, um edifício verdadeiramente pensado para o futuro deve prever uma relação mais sustentável com o meio ambiente.

Bairros de São Paulo, como Pinheiros, na zona oeste, já trazem soluções que vão muito além da arborização. Novos empreendimentos imobiliários levam em conta o impacto da obra como um todo, desde o planejamento. Exemplo disso é o Upside Pinheiros, novo edifício da Gafisa. Entre os diferenciais, foi prevista a reciclagem de resíduos de construção, gerando, assim, menos entulho e desperdício de material.

Mas não basta pensar no meio ambiente apenas nas etapas iniciais do projeto. Considerando isso, o Upside Pinheiros apresenta medidas de sustentabilidade que não causam estranheza na rotina dos moradores. Um destaque ecofriendly do empreendimento é um sistema de reutilização de água da chuva.

Também é importante que os moradores sejam parceiros nesses esforços. Por isso, o Upside Pinheiros conta com um bicicletário com capacidade para mais de 110 bicicletas, que incentiva a atividade física e ainda desafoga o trânsito da região. Além disso, a medição individual de água conscientiza os moradores para a economia do recurso e os empodera para a responsabilidade ambiental.

Continua após a publicidade
Publicidade