Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Conheça a história do bairro oriental da Liberdade

A Chinatown americana serviu de inspiração 

Por Mauricio Xavier [Colaborou Vinicius Tamamoto] Atualizado em 27 dez 2016, 15h23 - Publicado em 24 set 2016, 00h00

Até a metade do século XX, a Liberdade apresentava raros traços nipônicos. O aspecto atual só começou a surgir em 1953, após a abertura do Cine Niterói, na rua Galvão Bueno. As enormes filas de imigrantes que se formavam na porta para assistir a filmes japoneses ajudaram a desenvolver o comércio típico no entorno. Em 1968, o endereço foi demolido para a construção da Radial Leste-Oeste e da estação do metrô.

Foi quando surgiu a ideia de criar o “bairro oriental”, nos moldes da Chinatown americana. Inaugurada em 1974, a decoração ajudou a movimentar os negócios e tornou-se uma das principais atrações turísticas da capital. Confira alguns de seus destaques.

+ Dez lojas na Liberdade que te farão viajar ao outro lado do mundo

Desenho mitsudomoe. Reproduzido nas calçadas, é um símbolo xintoísta de harmonia entre o homem, a terra e o céu

Jardim japonês. O principal fica próximo ao viaduto sobre a avenida 23 de Maio e possui lago com carpas

Lanternas suzuranto. As originais, de vidro, foram substituídas em 2008 por exemplares de polietileno

Torii. Simula um portal xintoísta na Rua Galvão Bueno e ganhou versão mais moderna em 2004. 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)