Clique e assine por apenas 6,90/mês

Governo anuncia expansão da linha 2-Verde do Metrô

Novo trajeto de 8,3 quilômetros contará com oito novas estações em direção a Zona Leste da cidade

Por Redação VEJA São Paulo - 17 Jan 2020, 16h26

O governo de São Paulo anunciou nesta sexta-feira (17) que as obras para a ampliação da linha 2-Verde do Metrô deverão ter início imediato, com previsão de entrega para 2026. Na coletiva de imprensa, que contou com a presença do governador João Doria (PSDB), foi divulgado que a segunda parte do trajeto deverá conectar a Verde até as linhas 3-Vermelha, 11-Coral da CPTM e 15-Prata com 8,3 quilômetros adicionais e oito novas estações.

Os contratos para a elaboração do projeto foram assinados em 2019. A próxima etapa é a montagem dos canteiros de obras e a construção de túneis para a escavação. As paradas foram nomeadas como Orfanato, Água Rasa, Anália Franco, Vila Formosa, Guilherme Giorgi, Nova Manchester, Aricanduva e Penha. A projeção é que com as novas estações 300 000 pessoas a mais passem a usar a linha 2-Verde.

O investimento será de 6 bilhões de reais com recursos do estado. No valor está incluída a aquisição de 22 novos trens, além do sistema elétrico e sinalização, que posteriormente serão licitados pelo Metrô. Com o novo trecho, a Verde passará a ter 22 estações e, segundo o governo, será a linha mais extensa da cidade.

Na coletiva foi informado ainda que a Verde será ampliada até a cidade de Guarulhos e que o governo trabalha nas desapropriações que deverão conectar o trajeto até o Shopping Internacional de Guarulhos.

Continua após a publicidade

+ OUÇA O PODCAST #SPsonha

 

Publicidade