Agentes do Metrô são agredidos por ambulantes na Linha 5-Lilás

O caso foi registrado na Delegacia do Metropolitano (Delpom), que fica dentro do Metrô. A instituição irá investigar a ocorrência

Dois agentes do Metrô ficaram feridos na tarde desta quinta-feira (16) ao serem agredidos por ambulantes na área da Estação Capão Redondo da Linha 5 — Lilás, na Zona Sul de São Paulo. As informações são do G1.

Segundo a ViaMobilidade, concessionária que administra a linha, as agressões começaram após os vigias apreenderem mercadorias irregulares que eram vendidas pelos ambulantes. Imagens que circulam nas redes sociais mostram a agressão do grupo, composto por cerca de dez ambulantes. O confronto aconteceu na área do terminal de ônibus, que fica anexo à estação. A Polícia Militar foi acionada para conter os ambulantes.

Os dois funcionários do metrô feridos são um Agende de Atendimento e um Seguração. O caso foi registrado na Delegacia do Metropolitano (Delpom), que fica dentro do Metrô. A instituição irá investigar a ocorrência.

Em nota, a ViaMobilidade informa que “a venda de produtos nas dependências das estações e nos trens sem autorização da administração do sistema é irregular e amparada pelo Regulamento dos Transportes Ferroviários”. Confira:

“A ViaMobilidade, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 5-Lilás de metrô, informa que no início da tarde de ontem, 16, Agentes de Atendimento e Segurança foram agredidos por um grupo de vendedores ambulantes na área do terminal de ônibus, anexo à Estação Capão Redondo, após realizarem apreensão de mercadoria irregular. A Polícia Militar foi acionada para atuar na ocorrência. Os agentes ficaram feridos e o caso foi registrado em Boletim de Ocorrência na Delpom (Delegacia do Metropolitano).

A venda de produtos nas dependências das estações e nos trens sem autorização da administração do sistema é irregular e amparada pelo Regulamento dos Transportes Ferroviários, estabelecido através do Decreto Nº 1.832/1996. O artigo 40 do decreto estabelece: “É vedada a negociação ou comercialização de produtos e serviços no interior dos trens, nas estações e instalações, exceto aqueles devidamente autorizados pela Administração Ferroviária”

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s