Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Estudante alemão morre de overdose em festa de despedida

Rapaz de 23 anos fazia intercâmbio no curso de engenharia civil na cidade de Ilha Solteira

Por Redação VEJA SÃO PAULO Atualizado em 5 dez 2016, 13h56 - Publicado em 17 out 2014, 23h31

O estudante alemão de 23 anos Jakob Steinmetz morreu na madrugada desta sexta (17) na cidade de Ilha Solteira, interior de São Paulo. De acordo com a polícia, o motivo da morte foi overdose após o rapaz ter ingerido bebidas alcoólicas e drogas durante sua festa de despedida em uma república.

+ “Meu filho não era um viciado”, diz pai de Victor Hugo Santos

A polícia informou que o jovem alemão disse a alguns amigos que havia usado LSD, um tipo de droga alucinógena, pelas vias nasais. O delegado Miguel Ângelo Micas afirmou ao portal de notícias G1 que o corpo do alemão irá para o Instituto Médico Legal (IML) para que seja realizada uma perícia mais detalhada.

Um exame toxicológico deve apontar se houve ingestão de droga e se isso foi a causa da morte. Testemunhas disseram à polícia que o rapaz ingeriu as substâncias antes de ir a um show. Depois do evento, ele e os amigos iriam para sua festa de despedida, já que Jakob deixaria o país.

+ Confira as últimas notícias

O rapaz estava em São Paulo para um intercâmbio no curso de engenharia civil da Universidade Estadual Paulista (Unesp). O consulado alemão afirmou que aguarda os resultados dos exames para autorizar o translado, mas ainda não há prazo. O corpo deve ficar no IML de Andradina, interior do estado.

Em nota, a Unesp de Ilha Solteira lamentou o fato e disse que está colaborando com as autoridades para investigar o caso.

Continua após a publicidade
Publicidade