Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

“Esses caras estão nos enlouquecendo”, diz Cid Moreira sobre os filhos

Herdeiros do apresentador acusam atual esposa do pai de maus-tratos e pediram a interdição dele; duas novas testemunhas surgiram no caso

Por Redação VEJA São Paulo 3 ago 2021, 18h08

Cid Moreira se pronunciou nesta terça-feira (3) sobre as divergências entre ele e os filhos. Em entrevista ao programa A Tarde É Sua, o jornalista e apresentador disse que se sente constrangido com a situação. Os filhos acusam a atual esposa do pai, Fátima Sampaio, de maus-tratos e chegaram a pedir a interdição de Cid.

“Não vou dizer que está tudo bem. É muito triste isso que está acontecendo, porque eu considero a Fátima um presente de Deus. Por várias vezes, em igrejas pelo país, no qual sou solicitado, eu falo que pedi uma mulher e realmente consegui uma mulher e esse pessoal não está gostando disso. Não sei qual o intuito”, continuou ele. 

+ Filho de Cid Moreira diz ter sido deserdado e esposa do jornalista rebate

Cid também falou ao portal F5. Na entrevista, disse se sentir enojado com o que vem passando. “Estou com nojo de tudo isso. Isso tudo é besteira. Estou feliz à beça, vamos completar 21 anos de casados em novembro e esses caras [filhos] estão nos enlouquecendo. Nenhum dos dois foi educado por mim, mas pelas mães”, falou.

Entenda o caso

Os filhos de Cid Moreira abriram um processo para interdição do pai no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro no dia 20 de julho. Eles dizem que Cid tem problema psiquiátricos ocasionados pela idade e acusam Fátima de “depenar totalmente o idoso, em puro estelionato senil, apropriação indébita e formação de quadrilha”.

Recentemente, duas possíveis testemunhas falaram sobre o caso. Uma delas diz que um irmão de Fátima depenou a sogra em Minas Gerais. Os herdeiros de Cid alegam que há semelhança entre os casos e pedem que seja aberta uma investigação por formação de quadrilha contra Fátima.

A segunda testemunha, um caseiro que trabalhou durante 26 anos para Cid, disse que o patrão era vítima de maus-tratos. O empregado alegou que Cid se alimentava apenas de pizza e que teve parte do dinheiro desviado por Fátima. “Esse negócio de falar que estou comendo comida estragada é uma infâmia, uma coisa terrível, eu fico até constrangido com isso”, disse Cid ao programa de Sônia Abrão.

Segundo Fátima, as acusações são mentirosas. A esposa de Cid diz que após o período em que o caseiro trabalhou para eles, o casal o ajudou com 40 000 reais de bonificação. Ele foi demitido, segundo ela, porque a família se mudou para a Serra. “Agora, será que estão oferecendo algo a ele em troca desse depoimento? Temos amigos e funcionários daquela época que podem falar pela gente. Muito triste isso tudo”, afirmou ao F5.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade