Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Em vídeo, Bolsonaro se manifesta após cirurgia

"Até o momento, Deus quis assim", disse o candidato, na madrugada de sexta (7)

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 7 set 2018, 08h06 - Publicado em 7 set 2018, 07h55

Em um vídeo gravado na Santa Casa de Juiz de Fora (MG) e divulgado na madrugada de sexta (7) pelo senador Magno Malta (PR), o candidato do PSL à Presidência da República Jair Bolsonaro aparece falando pela primeira vez após o ataque que sofreu nesta quinta (6), em Minas Gerais.

O presidenciável afirma que estava preparado para os riscos da campanha eleitoral. “Até o momento, Deus quis assim. Eu me preparava para um momento como esse porque você corre riscos. Mas, de vez em quando, a gente duvida, né! Será que o ser humano é tão mau assim? Nunca fiz mal a ninguém”, disse. “”Senti apenas uma pancada na boca do estômago. A dor era insuportável. Parecia que tinha algo mais grave acontecendo”, falou, sobre o atentado.

Magno Malta aparece acompanhado dos filhos de Bolsonaro. Eles fazem uma oração, no fim do vídeo. O candidato do PSL aparece deitado num leito da UTI. Embora acordado e lúcido, tem a voz fraca. O presidenciável deve ficar internado por até uma semana, segundo os médicos, e seu estado de saúde é considerado grave, mas estável.

Bolsonaro foi atingido por uma facada na barriga durante um ato de campanha em Juiz de Fora na tarde desta quinta (6). O agressor foi preso. Assista:

Continua após a publicidade
Publicidade