Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Elevador despenca nove andares em Santos e deixa quatro mortos

Acidente ocorreu na noite desta segunda (30) no litoral paulista

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 31 dez 2019, 10h32 - Publicado em 31 dez 2019, 10h17

Por volta das 20h desta segunda (30), um elevador despencou em Santos, no litoral paulista, deixando quatro mortos. Tratava-se da cabine de serviço do Edifício Tiffany, no bairro Vila Belmiro. Um inquérito policial será aberto para investigar o ocorrido. Equipes do SAMU, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar foram acionadas e prestaram socorro e a Defesa Civil acompanhou a ocorrência.

De acordo com a Marinha do Brasil, dona do residencial, faleceram a esposa e mais três familiares de um militar, que serve na Capitania dos Portos de São Paulo. Segundo o portal G1, a mulher foi identificada como Jucelina Santos, moradora do prédio. Ela estava junto com a irmã, Lucineide, e seu marido, Edilson Donizete, além do filho Eric, de 19 anos. Os últimos três, de Santo André, visitavam a cidade para passar o Ano Novo.

Em nota, a Prefeitura de Santos lamentou o acidente e deu detalhes sobre o local. “Os elevadores do edifício Tiffany estão em operação desde 1998. A Vilarta, empresa responsável pela manutenção dos equipamentos, tem documentação regular junto à Prefeitura, incluindo alvará de instalação e funcionamento dos aparelhos, além de ter apresentado no último dia 1° de dezembro o relatório trimestral obrigatório de regularidade, que atesta a responsabilidade técnica de manutenção preventiva realizada recentemente no referido endereço. Em cumprimento à legislação municipal, cabe à empresa a responsabilidade de garantir a segurança do funcionamento dos elevadores”, diz  parte do texto.

Publicidade