Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Eclipse parcial lunar mais longo em 580 anos acontece nesta sexta (19)

Saiba qual será o melhor momento para observar o fenômeno, que poderá ser visto a olho nu

Por Redação VEJA São Paulo 18 nov 2021, 10h51

Um raro eclipse lunar parcial poderá ser visto a partir do Brasil entre a madrugada e o amanhecer de sexta-feira (19). O fenômeno terá início às 3 horas e 2 minutos (horário de Brasília) e seu momento máximo ocorrerá às 6 horas e 2 minutos. Trata-se do mais longo do tipo em 580 anos.

+ Nova frente fria chega a São Paulo ainda nesta semana; veja previsão

De acordo com o Climatempo, a observação do momento máximo dependerá do local em que a pessoa estiver. Uma parte do Brasil não poderá contemplar o máximo do eclipse, pois a Lua vai se pôr antes deste momento. O eclipse será mais visível na região Norte do que no Sul do país.

Para observar o eclipse o céu deve estar sem nuvens ou com pouca nebulosidade. Não é preciso usar binóculo ou telescópio: o fenômeno se revelará a olho nu, mesmo para quem estiver em grandes cidades com poluição luminosa.

Continua após a publicidade

Publicidade