Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Denis Lucas, vereador de Itapevi, é morto a tiros na frente de casa

A Polícia investiga a possibilidade de uma execução por motivação política

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 18 nov 2021, 09h57 - Publicado em 18 nov 2021, 09h56

O vereador de Itapevi Denis Lucas (Republicanos) foi assassinado com dois tiros na noite da última quarta-feira (17). Ele tinha 47 anos e estava fechando o portão de sua casa quando foi baleado na cabeça.

+ Ossada é encontrada concretada em muro de casa na Zona Sul

De acordo com a Polícia Civil, o político voltava de um culto religioso e estava sozinho no momento do crime, que ocorreu por volta das 22h. Nada foi levado e, por isso, as investigações descartaram a hipótese de latrocínio, o roubo seguido de morte.

A Polícia investiga a possibilidade de uma execução por motivação política, já que Denis atuava diretamente na Câmara Municipal de Itapevi. Até o momento ninguém foi preso.

Denis Lucas estava no segundo mandato como vereador e era membro de comissões permanentes na Câmara Municipal, a de Finanças e Orçamento e a de Fiscalização e Controle sobre projetos de leis. Ainda era vice-presidente da Comissão Temporária de Segurança Pública e Cultura de Paz.

Continua após a publicidade

Publicidade