Continua após publicidade

Como fazer uma reforma quase sem sufoco

Do orçamento à proteção da mobília, os serviços que ajudam antes, durante e depois das obras na casa ou no apartamento

Por Mariana Barros
Atualizado em 5 dez 2016, 10h17 - Publicado em 1 mar 2013, 16h56

Se tudo correr bem, a poeira e a bagunça serão os menores problemas de quem reforma a casa. Pedreiros que desaparecem, instalações malfeitas e gastos não previstos é que são os transtornos de verdade. De acordo com pesquisa recente sobre o assunto encomendada pelo Clube da Reforma, entidade ligada à Associação Brasileira de Cimento Portland, 68% dos entrevistados em São Paulo disseram ter iniciado a reforma porque queriam pintar as paredes. Fazer acabamento, trocar pisos e azulejos e resolver encrencas hidráulicas e elétricas apareceram em seguida como os outros maiores motivos.

“A partir daí, é o famoso ‘já que’. Ou seja, já que vamos quebrar a parede, troquemos todo o revestimento”, conta Valter Frigieri, diretor de mercado da associação. A boa notícia é que existem vários serviços para ajudar a diminuir o sufoco nessas ocasiões — de aplicativos para fazer o orçamento a equipes responsáveis por proteger os móveis da casa. As grandes redes de materiais de construção, que iniciaram uma guerra de preços, ajudam a engordar essa lista, com a oferta até de sistema drive-thru para a retirada de encomendas. Tudo isso contribui para que as pessoas não sintam mais (tantos) calafrios na hora de pôr a mão na massa. 

Confira:

+ Reforma quase sem sufoco: antes

Continua após a publicidade

+ Reforma quase sem sufoco: durante

+ Reforma quase sem sufoco: depois

+ Em vídeo: profissionais da reforma ganham quase 30 mil reais por mês

Continua após a publicidade

+ Quem está lucrando com obras na cidade

+ As lojas que promovem uma verdadeira guerra de tijolos

+ Endereços úteis para a sua reforma

Continua após a publicidade

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.