Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Prédio de Pinheiros terá entrada feita com fachada de casas antigas

Empresa usou estrutura de conjunto de sobrados dos anos 20 para construir parte de um empreendimento comercial na Rua João Moura

Por Ricardo Chapola Atualizado em 14 fev 2020, 15h51 - Publicado em 7 nov 2019, 17h22

Moradores da Rua João Moura, em Pinheiros, na Zona Oeste da capital, estavam habituados a andar pelo pedaço desfrutando da graciosidade de oito simpáticas casinhas geminadas na altura do número 925. Os sobrados antigos abrigavam residências, um restaurante vegano e um salão de cabeleireiro.

Essa cena mudou de um ano para cá, quando uma empresa, chamada Blumenthal Empreendimentos, comprou três imóveis do conjunto e anunciou a construção de um prédio comercial de seis andares no terreno.

O que pegou todo mundo de surpresa foi que, ao contrário do que se imaginava, a construtora não demoliu completamente as casinhas. Aproveitou a parte da frente delas para conceber a fachada do novo edifício previsto para o endereço.

Conjunto de casinhas, antes do início da construção do prédio Reprodução/Google Maps/Veja SP

Os sobradinhos datados do fim da década de 20 não são tombados. Arquiteto responsável pelo empreendimento, Samuel Kruchin afirmou que a ideia de preservar a entrada é o de “manter a escala histórica” da rua. “O projeto trabalha com esse conceito, o de seguir a continuidade do casario”, explica. Segundo ele, o edifício, batizado de Edith Blumenthal, será inaugurado em dezembro.

Continua após a publicidade

Publicidade