Cartas da edição 2563

A opinião do leitor

Retrospectiva

Que 2018 venha cheio de paz e harmonia, porque, pelo retrato do ano passado, exposto nas imagens apresentadas por VEJA SÃO PAULO, tivemos principalmente cenas de tristeza e dor (“O retrato do ano em 29 imagens”, 3 de janeiro). Ruvin Ber José Singal

A reportagem fala sobre a batalha do spray na capital, travada depois que Doria cobriu boa parte dos grafites da 23 de Maio, mas não menciona a pichação no muro da casa do prefeito, em julho, durante um protesto contra as privatizações propostas por ele (“Muros apagados”, 3 de janeiro). Maury Freitas, via Facebook

Parque de diversões 

Deu saudades de quando havia excursão da escola (“A volta do Playcenter”, 3 de janeiro). Agora, esse espaço no Shopping Aricanduva, na minha opinião, é a mesma coisa que os parques Playland já existentes em outros locais, infelizmente. Natalia Reis, via Facebook

Quero um lugar cheio de brinquedos legais ao ar livre, com montanhas-russas, barco viking, teleférico, tobogã, carrossel e splash, que nos traga de volta as coisas boas que pudemos vivenciar no Playcenter de verdade, para que possamos levar os nossos filhos. Simone Santos, via Facebook

Lá tem carrossel e carrinho bate-bate. Nesse eu vou. Marcela Fávaro Lemma, via Facebook

A melhor notícia é que executivos do grupo estão em busca de terrenos de 60 000 metros quadrados para erguer um novo parque depois de 2020. Fernanda Vieira Justino, via Facebook

Ivan Angelo

Sou porteiro de um edifício da Vila Nova Conceição e, quando entrego os jornais e as revistas nos apartamentos, sempre sobra uma VEJA SÃO PAULO, que leio toda semana. Escrevo para dizer que adorei sua crônica que fala sobre as coisas maravilhosas que só acontecem aqui (“Ufa, acabou!”, 3 de janeiro). Li mais de uma vez, porque achei o texto original, de fácil compreensão e muito objetivo. Aproveito para lhe desejar um feliz ano-novo. Thiago Dantas

Boas ações

Lindo trabalho (“Um Natal solidário”, 27 de dezembro). Que Deus abençoe a todos eles. Marisa Alves, via Facebook

Fiquei bastante comovida ao ler a história do faxineiro Emerson Alexandre do Prado, que reserva mensalmente 200 reais do salário de 800 reais para as atividades sociais. Nady Dequech

Agradeço à equipe de VEJA SÃO PAULO. Até agora não acredito que saí na capa da revista. Com essa divulgação, todo mundo vai conhecer as obras que desenvolvo para ajudar entidades sociais e famílias carentes. Emerson Alexandre do Prado

Escrevo para lhes agradecer pela reportagem. Ficou incrível. Ajudou muito o nosso projeto. André Soler, um dos fundadores do SP Invisível 

Inspeção veicular

A volta dessa medida é um absurdo (“Sinais de fumaça”, 27 de dezembro). Cadê o panelaço, as manifestações? Mais um imposto para pagar não dá! Bruna de Oliveira, via Facebook

Precisamos proteger o ar que respiramos. O controle da poluição dos carros é muito importante. Tereza Cristina Ferrari, via Facebook

Sou a favor da inspeção veicular para minimizar os efeitos dos poluentes, desde que seja gratuita. Mariangela Bellucci, via Facebook

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s