Clique e assine por apenas 5,90/mês

Bebês são transferidos de UTI após incêndio em hospital

Fogo teria começado na tomada de um equipamento que aquece os leitos no terceiro andar do edifício. Segundo o hospital, não houve feridos

Por Estadão Conteúdo - 8 jun 2017, 15h26

Um princípio de incêndio obrigou a retirada, às pressas, de 42 bebês da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal do Hospital Sepaco, na Vila Mariana, Zona Sul, na madrugada desta quinta-feira (8).

Segundo a assessoria de comunicação do hospital, por volta da meia-noite, funcionários viram faíscas e fumaça saindo de uma tomada de um equipamento que aquece os leitos no terceiro andar do edifício.

Bombeiros foram acionados e rapidamente apagaram o fogo. Um bebê de quatro meses, que havia passado por uma cirurgia e estava entubado na UTI neonatal, teve uma parada cardíaca no momento da correria, mas os médicos conseguiram reverter o quadro.

Após uma hora e meia do incidente, os pacientes retornaram aos leitos. De acordo com a assessoria, não houve feridos.

Continua após a publicidade
Publicidade