Clique e assine por apenas 6,90/mês

Arlindo Cruz comemora 61 anos em culto evangélico no Rio de Janeiro

De cadeira de rodas, sambista esteve amparado pela mulher e pelo ex-pagodeiro Waguinho

Por Redação VEJA São Paulo - 14 Sep 2019, 17h33

O sambista Arlindo Cruz comemorou na sexta (13) seu aniversário de 61 anos em um culto evangélico no Rio de Janeiro. Ao lado da esposa e do pastor Waguinho, ex-vocalista do grupo de pagode Os Morenos, o artista recebeu bênçãos e orações. Preso a uma cadeira de rodas, Cruz praticamente não esboça reação. 

Ele ficou quinze meses internado após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico em 2017 e recebeu alta em julho deste ano. Desde então, tenta se recuperar das sequelas. 

View this post on Instagram

Começamos as comemorações na presença do nosso amigo e irmão @cantorwaguinho , que culto abençoado! ♥️👏🏼 #61 #arlindocruz #aniversario #eletavivo #forçaarlindo

Continua após a publicidade

A post shared by Arlindo Cruz (@arlindocruzobem) on

Publicidade