Clique e assine por apenas 6,90/mês

Americana morre ao vivo no Facebook sem receber ajuda

A mulher de 25 anos lutava contra um câncer na tireoide

Por Julia Flamingo - Atualizado em 5 Jan 2017, 12h04 - Publicado em 5 Jan 2017, 10h52
Keiana Herndon fazia transmissão para milhares de espectadores (Reprodução/Facebook)
Keiana Herndon fazia transmissão para milhares de espectadores (Reprodução/Facebook)

No último dia 28, a americana Keiana Herndon transmitia um vídeo em tempo real pelo Facebook Live quando passou mal e morreu. A mulher de 25 anos estava na casa de um amigo com seu filho mais novo e, como fazia quase diariamente, mostrava seu cotidiano para amigos pelo celular. Nenhum espectador fez algo para tentar salvar a sua vida.

O vídeo já foi retirado do ar. Nele, Keiana cantava e respondia a comentários de amigos pela internet. Por volta do sétimo minuto, ela começou a suar e desmaiou. A transmissão, vista apenas por algumas pessoas, viralizou e alcançou milhares de espectadores que viram o filho de Keiana, Rylle, pegar seu celular que estava caído no chão. Enquanto isso, a mãe respirava ofegante.

O dono da casa tomou conta do fato cerca de meia hora depois. Quando chegou no hospital, a americana já havia morrido. De acordo com a polícia de Camden, no Arkansas, onde a jovem vivia, não houve chamados durante a transmissão do vídeo. A causa da morte se deve a um câncer na tireoide contra a qual Keiana lutava nos últimos anos. Uma cirurgia seria programada para as próximas semanas. 

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Publicidade