Alto da Lapa ganha 150 casas de passarinho

Responsáveis pela intervenção urbana querem trazer o canto dos pássaros para os moradores do bairro

Artistas de todo o mundo estão engajados em chamar a atenção de quem passa pelas ruas no dia a dia apressado das grandes cidades. Com delicadeza, suas intervenções urbanas – ou seja, instalações artísticas no espaço público – conseguem despertar interesse e tirar as pessoas da rotina. Na cidade de São Paulo, o bairro Alto da Lapa, na zona oeste, acaba de integrar esse movimento.

Isso porque a incorporadora Idea!Zarvos e o Estúdio Buriti, um espaço de produção e experimentação artística, se uniram para criar e espalhar casas de passarinhos pela região. O intuito é trazer o canto dos pássaros e uma nova experiência de vivência para os moradores do bairro.

Ao todo, foram construídas 150 peças, instaladas em sete lugares da região, feitas com reciclagem de madeiras descartadas. A Rua Haroldo Pacheco recebeu casas de pássaro em duas árvores, enquanto a Rua Toneleiros ganhou instalações artísticas em quatro árvores. Já na Rotatória na Rua Mota Pais, foi montada uma árvore de três metros de altura com 50 casas de passarinho.

 

Elas também chamam a atenção para a questão ambiental e para a qualidade de vida nas grandes cidades. Para o fundador do coletivo, o artista plástico Rodrigo de Morais Machado, os pássaros podem ser considerados um termômetro da saúde do lugar. “Se eles desaparecem do espaço urbano, é um péssimo sinal”, afirma.

Em janeiro deste ano, Rodrigo anunciou o Projeto João-de-Barro, que consiste em instalar casas de passarinho para que as aves façam ninhos e se abriguem da chuva. “A ideia é espalhá-las por São Paulo, já que a cidade oferece somente as brechas das construções de alternativa para uso dos pássaros”, finaliza.

Para saber mais sobre a ação que espalhou casinhas pelo Alto da Lapa e sobre o Nido, novo empreendimento da Idea!Zarvos na região, assista ao vídeo abaixo:

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s