Médica processa cabeleireiro Wanderley Nunes por dano a imóvel

Carmelinda de Campos pede 700 000 reais para custear uma reforma em casa alugada pelo cabeleireiro

Wanderley Nunes foi citado no último dia 24 em um processo movido pela médica Carmelinda de Campos. De 2012 a 2017, o cabeleireiro-estrela alugou por 22 500 reais mensais a casa da profissional, com quatro suítes, no Ibirapuera. “Ao sair, ele deixou o imóvel destruído”, reclama Rodrigo Setaro, advogado de Carmelinda.

Ela pede um ressarcimento de cerca de 700 000 reais para custear uma reforma. “Tenho testemunhas de que deixei tudo perfeito. Só retirei o que era meu, especialmente a coifa, um dos maiores investimentos das obras de melhorias, que custaram 1 milhão de reais do meu bolso”, rebate Nunes.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s