Casa com funcionários do Madero incomoda moradores dos Jardins

Segundo diretor da associação local, os empregados promovem festas com som alto, brigas e bebedeiras

Um grupo de moradores do Jardim Paulistano finaliza um relatório a ser enviado à prefeitura, com a queixa de que aproximadamente quarenta comerciantes estão instalados no bairro, uma zona exclusivamente residencial. Na mira, há especialmente três casas usadas como uma espécie de república de funcionários do restaurante Madero.

“Eles promovem festas com som alto, brigas e bebedeiras”, afirma João Maradei, diretor da associação AME Jardins. Segundo a direção da hamburgueria, a equipe foi orientada a reduzir o barulho. “Mas eles precisam sair de lá, afinal estão agindo em desacordo com a lei de zoneamento”, diz Maradei.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s