Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Gisele Bündchen e Eduardo Kobra participam de evento sobre motivação

Seminário do Instituto Ayrton Senna vai abordar descobertas sobre relação da motivação com o progresso dos estudantes

Por Humberto Abdo Atualizado em 10 jun 2021, 16h51 - Publicado em 10 jun 2021, 16h49

Personalidades nacionais e estrangeiras integram a série de palestras promovida pelo Instituto Ayrton Senna na próxima terça (15), a partir das 9h. Com o tema motivação, nomes como a modelo Gisele Bündchen e o muralista Eduardo Kobra falam sobre motivações pessoais e estímulos durante a carreira. Como parte da programação, pesquisadores, psicólogos e educadores mostrarão evidências científicas recentes sobre a relação entre motivação e aprendizagem.

“Motivação é um motor super forte na família, seja para dirigir carro ou ajudar o país”, brinca Viviane Senna, presidente do instituto. “Mas existe o retrocesso de uma década no progresso dos alunos, que vão ter que acelerar o ritmo para tirar o atraso (do período de pandemia).”

A abertura do encontro terá participação especial do príncipe Albert II de Mônaco e da presidente do instituto. Entre os convidados estão o pesquisador norte-americano Kevin McGrew, referências no tema, a cientista britânica Jane Goodall e William Kamkwamba, menino africano que construiu um moinho com lixo e dois livros de física, cuja história deu origem ao filme O Menino que Descobriu o Vento, da Netflix.

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

Nos últimos anos, o Instituto Ayrton Senna tem dedicado espaço para ampliar a compreensão do desempenho dos estudantes. Segundo Viviane, a motivação se conecta a duas outras dimensões essenciais para o desenvolvimento – a cognitiva e a socioemocional –, levando a uma maior compreensão sobre o que faz com que um estudante queira e se interesse pelas atividades. “Nós construímos um país para poucos, para a elite, e o objetivo é fazer com que os casos de sucesso se tornem a regra.”

O evento será on-line e gratuito. As inscrições devem ser feitas no site oficial.

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade