Empresária tira ano sabático e abre livraria de rua em Pinheiros

A inspiração para o negócio partiu de uma reportagem de capa de VEJA SÃO PAULO

Na infância, por causa dos clássicos de Ziraldo e Ruth Rocha, a empresária Mônica Carvalho, 47, tornou-se uma leitora voraz e, desde então, lê em média três livros por mês. Na hora de construir sua carreira, cursou recursos humanos na Universidade Federal de Minas Gerais, mudou-se para São Paulo e abriu, em 2005, uma consultoria de treinamentos corporativos.

Após ler uma reportagem de capa da Vejinha sobre livrarias de bairro, de julho de 2018, decidiu investir em sua vocação de infância. Pediu um ano sabático aos sócios e usou o período para inaugurar, em dezembro, a Livraria da Tarde, em Pinheiros. “Com a crise das grandes redes, os leitores ficaram carentes de um espaço acolhedor e com curadoria”, acredita Mônica, que pensa em estender esse “sabático” para prosseguir com seu sonho.

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 5 de fevereiro de 2020, edição nº 2672.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s