Clique e assine com até 89% de desconto
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Em noite morna, gala do BrazilFoundation tem leilão baixo e poucas celebridades

Na noite de segunda (25), o local escolhido pela BrazilFoundation para celebrar a segunda edição brasileira do baile e leilão beneficente foi a Sala São Paulo, glamourosa por si só. Neste ano, a grife francesa Chanel participou como apoiadora do evento e levou celebridades e modelos para a festa, na região central da capital. Ao […]

Por Tatiana Izquierdo Atualizado em 26 fev 2017, 16h29 - Publicado em 26 Maio 2015, 18h44
Leona Forman, presidente fundadora do BrazilFoundation, posa em meio a um dos grupos homenageados (Foto: Fernando Moraes)

Leona Forman (de verde), presidente fundadora do BrazilFoundation, posa em meio a um dos grupos homenageados (Foto: Fernando Moraes)

Na noite de segunda (25), o local escolhido pela BrazilFoundation para celebrar a segunda edição brasileira do baile e leilão beneficente foi a Sala São Paulo, glamourosa por si só. Neste ano, a grife francesa Chanel participou como apoiadora do evento e levou celebridades e modelos para a festa, na região central da capital. Ao total, 1,3 milhão de reais foram arrecadados com as ações.

+ Veja os famosos que passaram pelo baile de gala da BrazilFoundation

Inicialmente, os mestres de cerimônias seriam Luciano Huck e Angélica. Por conta do acidente aéreo que o casal sofreu no final de semana, Paulo Gustavo foi escolhido para substituí-lo ao lado de Didi Wagner. Com bom humor e muito jogo de cintura – os microfones faziam eco e os convidados não paravam de tirar selfies durante as homenagens –, o humorista conduziu a cerimônia com seus trejeitos engraçados e arrancou gargalhadas dos abastados nas mesas.

(Foto: Fernando Moraes)

Os mestres de cerimônia Paulo Gustavo e Didi Wagner (Foto: Fernando Moraes)

Durante uma falha na apresentação de um dos lotes do leilão beneficente, ele brincou. “Gente, vamos aqui bater um papo, o que vocês acharam do meu look? Olha, meu terno é Dolce & Gabbana, minha calça curta é um estilo de bermuda japonesa. Legal, né? Fora isso, olha, estou feliz, trabalhando bastante, namorando. Não tenho do que reclamar e vocês?”, brincou com os presentes.

+ Silvio Santos não quer senhoras apenas nas últimas fileiras de seu auditório

Ao seu lado, Didi Wagner estava elegante em um longo do grife Tom Ford e seguia com brincadeiras. “Hoje estamos aqui para celebrar, vamos tirar as carteiras dos bolsos e ajudar”, incentivava.

Carol RIbeiro, Sophie Charlotte e Laura Neiva: dress code Chanel para as três (Foto: Tatiana Izquierdo)

Carol Ribeiro, Sophie Charlotte e Laura Neiva: dress code Chanel para as três (Foto: Tatiana Izquierdo)

Porém, a crise parece ter chegado até na high society. Dos dez lotes que estavam disponíveis para leilão, apenas três bateram suas metas. Uma das responsáveis por este feito foi Bela Gil, que arrematou uma experiência “Taj” por 23 000 reais (8 000 a mais que o valor de mercado).

O pacote contempla uma viagem de dez noites para destinos como Dubai, Índia e Londres. A cara dela: hippie, natureba e linda. O leilão de uma expedição pela Patagônia, com cruzeiro e hotel, também bateu o valor de mercado: 28 000 reais. Isso prova que, em tempos de vacas magras, os muitos ricos têm preferido abrir a carteira mais para viagens do que para produtos.

Bela Gil e o marido, João Paulo Demasi: compra de viagem hippie-chique (Foto: Fernando Moraes)

Bela Gil e o marido, João Paulo Demasi: arrematou viagem hippie-natureba para o casal (Foto: Fernando Moraes)

Continua após a publicidade

Prova disso que uma experiência “priceless” (sem preço) da Chanel, que incluía assistir aos desfiles da grife em Paris, visita guiada ao apartamento de Mademoiselle Coco e duas noites no hotel Ritz foi arrematada por 31 000 reais. Alexandre Birman se mostrou o responsável por outro burburinho da noite, quando anunciou que iria criar doze pares de sapatos com exclusividade para quem arrematasse o lote dele, que ainda continha uma visita à fábrica no Rio Grande do Sul, seguido por final de semana em Gramado. O lote foi vendido por 35 000 reais, mas o preço anunciado como valor de mercado era de 37 500 reais.

+ Maria Pia Trussardi no comando do Show de Talentos

Quando Paulo Gustavo brincou com o jogador do São Paulo Alexandre Pato, que foi sozinho ao evento, dizendo que ele “ganhava bem e tinha que arrematar alguma coisa para dar de presente para Fiorella Mattheis”, sua namorada, o jogador não se fez de rogado e doou algumas peças de seu acervo esportivo, que foi incorporado ao lote cortesia de Guga Kuerten e da empresa Johnnie Walker. O lote foi comprado por 25 000 reais. Arrematar algo que é bom, nada.

Paulo Gustavo, Alexandre Pato, Didi Wagner e Klebber Toledo (Foto: Tatiana Izquierdo)

Alguns dos integrantes da festa: Paulo Gustavo, Pato, Didi e Klebber Toledo (Foto: Tatiana Izquierdo)

Nem todos os lugares estavam ocupados. Algumas cadeiras ficaram vazias, um movimento curioso para um evento tão chique. Como a Chanel deixou como cortesia um perfume (Bleu para os homens e Coco Mademoiselle, para as mulheres) em cima de cada cadeira, algumas pessoas foram pegando o “mimo” alheio na boa. Teve gente que foi pra casa com mais de um deles.

+ Zilú estreia como apresentadora sob a direção de Marlene Mattos

Além do acidente de Huck, outras coisas saíram fora do scritp. Fernanda Marques se prontificou a doar cinco bancos de mármore ao evento, cujo lance mínimo seria de 30 000 reais. Ocorre que ela teve um problema com seu fornecedor – e apenas dois bancos ficaram prontos. Como no catálogo ainda constavam as tais cinco peças e Fernanda deixou o evento antes mesmo do jantar ser servido, foi especulado que ela estaria #chateada.

“Imagina. Tive esse problema com os fornecedores mesmo, mas minha saída foi porque ontem foi aniversário de 21 anos dos meus filhos trigêmeos.” A neoapresentadora Zilú Camargo, que agora prefere ser chamada de Zilú Godoy, arrematou os dois bancos assinados por Fernanda. O valor? 25 000 reais.

Zilu, que agora é Godoy (Foto: Reprodução/Instagram)

Zilú: pede para chamá-la de Godoy, e não Camargo (Foto: Reprodução / Instagram)

Em tempos de selfie, muitas famosas mais tiraram fotos de si próprias do prestaram a atenção em um evento tão bacana. Muitas chagaram beeem atrasadas, caso de Sophie Charlotte (de Chanel), Mariana Weickert (de Cris Barros) e Daniela Mercury (“não quero entrar em detalhes sobre o nome da estilista, mas é importado”).

Quem perdeu tempo fazendo autorretrato não pode ver o carroceiro conhecido como Senhor Rafael, do projeto Pimp My Carroça, fazer a doação de um dia de seu trabalho “para incentivar vocês que têm muito a dar também.” Ponto alto da festa: a decoração de orquídeas brancas era clean, deixou o cenário brilhar por si só. Ficou impecável.

Daniela Mercury foi a responsável por animar os convidados da noite (Foto: Tatiana Izquierdo)

Daniela: responsável por animar os convidados da noite com show (Foto: Tatiana Izquierdo)

Continua após a publicidade
Publicidade