Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Humberto Abdo (Maria Carolina Matheus da Silva) Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Claudia Leitte, amor na Grécia e ameaça de morte: a trajetória de Daniel Adjuto, da CNN

Destaque da Live CNN Brasil, apresentador relembrou início de carreira em Brasília e fase de autoaceitação: 'Parei de me importar com o que pensam de mim'

Por Humberto Abdo Atualizado em 1 out 2021, 18h23 - Publicado em 1 out 2021, 06h00

Após sair de Brasília, Daniel Adjuto, 31, comemora um ano da nova rotina em São Paulo — e quase um ano como apresentador do programa Live CNN Brasil. “Sempre quis ser âncora de um jornal, era meu sonho, mas cheguei a estudar para o vestibular de medicina antes de escolher jornalismo”, conta. “O dinheiro era um fator importante, minha mãe era separada e vendia de tudo: roupas, bijuteria… Quanto mais rápido tivesse independência, mais tranquilo viveria.”

Como repórter de rua do SBT, ele passou a cobrir casos policiais, velórios e política. “Já fui ameaçado de morte depois que denunciei um esquema de corrupção em uma feira tradicional de Brasília.”

No Instagram, uma homenagem recente ao namorado, o médico Rafael Pinto da Rocha, chamou a atenção dos seguidores. “Nos conhecemos na Grécia, mas ele namorava. Anos depois, em um passeio de barco entre amigos, começamos a conversar.”

A fase de autoaceitação não foi fácil, segundo ele, mas o ajudou a viver com mais leveza. “Hoje parei de me importar com o que os outros pensavam de mim.”

Daniel Adjuto posa de pé, de lado, olhando para a câmera. Está ao lado de plantas e uma bicicleta vintage. Veste calça escura e camiseta branca.
Daniel Adjuto apresenta programa Live CNN Brasil. Kakau Lossio/Reprodução
Continua após a publicidade

Durante um período de pré-depressão quando era mais novo, Daniel teve o apoio de ninguém menos que Claudia Leitte. “Sou fã desde o Babado Novo e até já fui atropelado por uma van dela, em Caldas Novas”, diverte-se. “Quando passei por dificuldades de vida, ela me mandava áudios com frases bíblicas.”

View this post on Instagram

A post shared by Daniel Adjuto (@daniel.adjuto)

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

Publicado em VEJA São Paulo de 6 de outubro de 2021, edição nº 2758

Continua após a publicidade

Publicidade