Clique e assine por apenas 6,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Advogado entrou com mais de vinte ações civis populares contra autoridades

“Não quero ser político, só exerço minha cidadania", afirma

Por Ana Carolina Soares - Atualizado em 24 May 2019, 06h01 - Publicado em 24 May 2019, 06h00

Professor da PUC-SP, o advogado Ricardo Nacle já entrou com mais de vinte ações civis populares contra autoridades. Na terça (14), conseguiu que procuradores do Ministério Público pedissem a demissão de Eduardo Odloak, assessor do governador João Doria, por improbidade administrativa. Ele é processado por irregularidades na construção de um shopping na Zona Leste quando era subprefeito da Mooca. A decisão favorável a Nacle, porém, não teve efeito na prática. No início do mês, Odloak abriu mão do salário de 17 251 reais e deixou por conta própria o posto, alegando motivos pessoais.

“Vou seguir com a ação mesmo assim, para impedir que ele ocupe outro cargo público”, diz Nacle, persistente. No currículo, há a sua tentativa de barrar (sem sucesso) a nomeação de Ricardo Salles para o Ministério do Meio Ambiente e o pedido (bem-sucedido) de cassação de passaportes diplomáticos de religiosos, como R.R. Soares. “Não quero ser político, só exerço minha cidadania.”

Advogado Ricardo Nacle já entrou com mais de vinte ações civis populares contra autoridades Alexandre Battibugli/Veja SP

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 29 de maio de 2019, edição nº 2636.

Publicidade