Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Empresário Afrânio Barreira não acredita na má avaliação econômica

Sócio do grupo Coco Bambu, ele exalta as decisões e a carreira do presidente, reforçando o crescimento da rede de restaurantes

Por Ana Carolina Soares Atualizado em 24 jun 2019, 12h01 - Publicado em 21 jun 2019, 06h00

Apesar da crise, os últimos anos foram prósperos para Afrânio Barreira, dono dos restaurantes Coco Bambu. “A vacância em shoppings por causa da quebradeira nos trouxe oportunidades”, conta. Ele anuncia que deverá aumentar a rede em catorze pontos até 2021 — mesmo com notícias de tempo ruim. “Não comungo com essa má avaliação dos índices, o momento é de otimismo”, acredita. “O presidente reconhece algumas limitações, mas foi brilhante em formar uma equipe com pessoas de qualidade e patriotas. Também não devemos esquecer de ser gratos ao Exército.” Barreira concorda ainda com medidas polêmicas defendidas por Bolsonaro, como menos radares em estradas (“Existe a indústria da multa”) e o fim da penalidade para quem não tiver cadeirinhas para crianças no carro (“Não há a proibição do uso, só não terá mais a multa”).

Conheça os empresários que apoiam Bolsonaro

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 26 de junho de 2019, edição nº 2640.

Publicidade