Clique e assine com até 89% de desconto
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

A favor do impeachment, Dudu Braga, filho de Roberto Carlos, entra para a gestão de Haddad

Defensor do impeachment da presidente Dilma Rousseff e participante de manifestações contra a corrupção, o cantor Dudu Braga assume nesta semana um cargo na gestão de Fernando Haddad. Ele será o secretário-adjunto da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade. O convite veio da chefe da pasta, Marianne Pinotti, de quem Dudu é amigo […]

Por João Batista Jr. Atualizado em 26 fev 2017, 12h27 - Publicado em 12 abr 2016, 20h49
Dudu Bragha: contra impeachment, mas dentro da gestão Haddad (Foto: Divulgação)

Dudu Braga: a favor do impeachment, mas dentro da gestão Haddad (Foto: Divulgação)

Defensor do impeachment da presidente Dilma Rousseff e participante de manifestações contra a corrupção, o cantor Dudu Braga assume nesta semana um cargo na gestão de Fernando Haddad. Ele será o secretário-adjunto da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade. O convite veio da chefe da pasta, Marianne Pinotti, de quem Dudu é amigo de longa data. O cantor tem problema de visão e é um dos filhos do cantor Roberto Carlos. Confira entrevista:

+ Gabriel Chalita deixa o PMDB para ser vice da chapa de Haddad

Como se deu o convite para ingressar na política?
A Marianne é minha amiga, ela inclusive me apresentou ao médico que fez a inseminação da minha filha Laurinha (de 6 meses). Trabalhamos juntos no passado, nos CEUs, quando dei palestras de sensibilização. A gestão Haddad tem nove meses pela frente, desejo implantar alguns projetos. O principal deles será o sistema de voz nos ônibus. Assim como no metrô, uma voz informaria os pontos.

O senhor apoia o impeachment da presidente Dilma Rousseff, do PT, mesmo partido de Fernando Haddad…
Quando a Marianne me convidou, expliquei isso. Ela comentou que não teria problema, até o prefeito sabe que sou a favor do impeachment. Essa secretaria é a menos politizada de todos, prezam pelo o que podemos fazer.

O senhor integra algum partido?
Sou do PV.

O seu pai aprovou a sua posição de entrar para a política?
Não perguntei nada ao meu pai, mas ele sabe que sou um militante da causa das minorias até pela minha deficiência. Fazer políticas públicas pode ser muito legal.

Continua após a publicidade
Publicidade