Equipe do Miss Bumbum processa candidata que “furtou” a faixa da vencedora

A modelo Aline Uva poderá pagar 114 000 reais por danos morais por ter arrancado o acessório de Ellen Santana. Veja o vídeo com o "barraco":

A organização do concurso Miss Bumbum Brasil decidiu entrar com uma ação judicial por danos morais avaliada em 30 000 dólares (ou 114 000 reais) contra a candidata Aline Uva. Em 5 de novembro, durante o anúncio da premiação na casa Easy Club, na Barra Funda, a moça, que representava o Rio Grande do Sul, não admitiu ficar apenas entre as top 3. Aos prantos, gritou: “Não é justo! As medidas delas são por meio de plástica! Eu sou a única mulher aqui que merece esse título”. Em seguida, arrancou a faixa da vencedora (Ellen Santana, de Rondônia) e foi embora com o acessório.

Segundo pessoas da organização, por causa do “barraco”, e porque Aline se recusa a devolver a faixa, a equipe decidiu multá-la. O prêmio é um ensaio em uma revista masculina, com um cachê estimado em 15 000 reais. A capa com Ellen deverá ir às bancas em 10 de dezembro.

O segundo lugar ficou para Flávia Tamaio, representante do Distrito Federal. E a “medalha de bronze”, para a transex Paula Oliveira, do Amazonas.

Paula Oliveira: transexual levou o terceiro lugar

Paula Oliveira: transexual levou o terceiro lugar (Divulgação/Veja SP)

A transex também recebeu um convite para posar nua para outra publicação, mas recusou.  “Não é o que eu quero no momento. Quero seguir os passos de Andressa Urach”, declarou, referindo-se à vice campeã do concurso em 2012, que se tornou evangélica três anos depois. “Ela conseguiu provar que mesmo estando em segundo ou terceiro lugar, é possível ter mais destaque do que a vencedora. Quero ter o legado dela”, planeja Paula.

Paula não descarta posar nua, mas diz que agora quer se tornar porta-voz da causas LGBT. “Agora tenho voz. Meu objetivo daqui para frente é mostrar que podemos ser e fazer o que quisermos, e estar entre as vencedoras do concurso já foi uma enorme conquista que tenho orgulho em representar na nossa bandeira”.

Ela não quis comentar o “barraco” no concurso. O episódio completa um mês. Você não viu o “furto da faixa”? Olha só a cena:

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s