Dia da Pizza!

Confira cinco pizzarias campeãs para comemorar o dia da pizza: Xícara da Silva, em Belém     Por mais que a restauratrice Rute Nogueira se dedique a incluir pratos de outras especialidades no menu, são suas pizzas a principal razão do sucesso da marca. Em um gracioso salão, enfeitado com delicadas peças de artesanato, ou […]

Confira cinco pizzarias campeãs para comemorar o dia da pizza:

Xícara da Silva, em Belém

 

Pizza italiana, com mussarela de búfala, tomate seco e rúcula FOTO: Romero Cruz

Pizza italiana, com mussarela de búfala, tomate seco e rúcula
FOTO: Romero Cruz

 

Por mais que a restauratrice Rute Nogueira se dedique a incluir pratos de outras especialidades no menu, são suas pizzas a principal razão do sucesso da marca. Em um gracioso salão, enfeitado com delicadas peças de artesanato, ou no ambiente ao ar livre, rodeado por orquídeas, bromélias e acácias, ela recebe clientes interessados em provar os discos de massa finíssima e crocante. Cinco pizzaiolos se encarregam de preparar as 25 variedades disponíveis. Numa delas, a da vovó, o molho de tomate ganha o reforço de camarão-rosa, jambu e parmesão (R$ 50,00). A italiana chega à mesa coberta de mussarela de búfala, tomate seco e rúcula (R$ 46,00), enquanto à moda da casa reúne presunto picado, cogumelo-de-paris e azeitona (R$ 42,00). Também passam pelo forno a lenha o crostini temperado com ervas (R$ 13,00) que faz as vezes de entrada. Para beber, predominam os pedidos de cervejas de 600 mililitros Bohemia, Heineken e Stella Artois (R$ 5,00 cada uma). Atração à parte, o capítulo de sobremesas foi elaborado pela proprietária em parceira com a cozinheira Norma Suely Nogueira, na casa desde sua inauguração. A banana caramelada com calda de goiabada e sorvete de tapioca (R$ 15,00) figura entre as sugestões.

 

 

 

 

 

 

 

San Marco, no ABC

Veja Comer & Beber ABC 2013-2014

A pizza padaria: mussarela, fatias de tomate e azeitonas pretas
FOTO: Romero Cruz

 

Quem comanda o vaivém em frente aos três fornos a lenha é José Cláudio Cardoso, funcionário da casa desde a sua inauguração, em 1979. Sob a batuta do pizzaiolo, a San Marco leva pela quinta vez o título da categoria, segundo o júri de VEJA ABC “Comer & Beber”. Na cozinha, o trabalho se repete diariamente: depois de descansar por, no mínimo, três horas, a massa é aberta em discos de espessura média, que ganham boa variedade de coberturas – são 63 relacionadas no cardápio. Uma delas, a pizza baiacatu (R$ 51,00), une calabresa moída, catupiry e uma combinação de pimentas secas em pó. Outra pedida de sucesso, a versão chamada padaria traz mussarela, fatias de tomate e azeitonas pretas chilenas (R$ 36,00). Para abrir o apetite, a porção de presunto cru fatiado, escoltada por crocantes pedaços de massa assados com parmesão (R$ 44,00), faz boa parceria com o chope Brahma (R$ 7,00, 350 mililitros). Se a sede for de vinho, os 150 rótulos da carta incluem os italianos Bonacchi Montepulciano d’Abruzzo 2010 (R$ 55,00) e Sacchetto La Cortigiana Merlot IGT 2010 (R$ 64,00), do Vêneto. As garrafas ficam acomodadas em uma bonita adega climatizada, logo na entrada do salão.

 

 

 

Bazkaria, em Porto Alegre

ALLA DIAVOLA - BAZKARIA - PORTO ALEGRE

Alla diavola: uma das 36 versões do cardápio: peperoni, mussarela de búfala, cogumelos e pimentões
FOTO: Lígia Skowronski

 

Em uma rua com vista privilegiada para o Parcão, Fernanda Etchepare, de ascendência basca, abriu há doze anos a pizzaria hexacampeã. As mesas estão distribuídas entre os salões do belo casarão e, quando o tempo ajuda, avançam até a calçada. No inverno, a disputa é pelos lugares próximos ao forno a lenha. Dele saem discos com quatro tipos de massa: média, milli (mais fina e crocante), integral e sem glúten – as duas últimas precisam ser pedidas com um dia de antecedência. Para abrir o apetite, um bufê de tapas (R$ 10,50, 100 gramas) exibe montaditos como os cobertos de camarão com pimentões. Das 36 versões de pizza, a paixão cortes reúne graúdas lascas de picanha defumada, mussarela de búfala, rúcula e tomate-cereja (R$ 59,80) e a alla diavola vem com peperoni, mussarela de búfala, cogumelos-de-paris refogados e pimentões assados (R$ 49,80). Para acompanhar, o tinto espanhol Pago de Cirsus Oak Aged 2009 (R$ 71,00), feito com as uvas tempranillo, merlot e syrah, integra a lista de oitenta rótulos da carta de vinhos. O chocolatíssimo, bolinho de chocolate com recheio de ganache escoltado por sorvete de creme (R$ 15,90), encerra os pedidos. Durante a semana, das 18h às 20h, e aos sábados e domingos, das 16h às 20h, a casa organiza happy hour com duas taças de espumante Salton Brut (R$ 14,00) ou dois chopes Stella Artois (R$ 8,50; 350 mililitros) pelo preço de um.

 

 

 

Rocca Pizzaria e Forneria, em Salvador

Disco de mussarela, tomate-cereja, azeitona, presunto cru, abacate e rúcula FOTO: Romero Cruz

Disco de mussarela, tomate-cereja, azeitona, presunto cru, abacate e rúcula
FOTO: Romero Cruz

 

A irrequieta Eliana Pavetto ainda ri ao lembrar como tirou a família do sério quando disse que abriria esta pizzaria. Até então uma bem-sucedida advogada, ela recebeu no próprio apartamento o pizzaiolo Keneth Machado, vindo de Brasília, e transformou o lugar em laboratório. “Tinha farinha por todas as paredes”, conta. A decisão de Eliana de trocar de profissão mostrou-se certeira, e hoje seu endereço alcança o bicampeonato da categoria. Instalado em um casarão na Pituba, o Rocca costuma acomodar os clientes na aprazível varanda ou no salão, pontuado por móveis de madeira rústica. Os discos, preparados por Machado e mais três ajudantes, saem de um forno a lenha posicionado no meio do salão. Entre as 35 coberturas do cardápio, leva o nome de carlota a combinação de lombo canadense, lascas de abacaxi marinadas com gengibre, mussarela e cream cheese (R$ 54,90). A sofisticada, por sua vez, reúne mussarela, tomate-cereja, azeitona, presunto cru, abacate e rúcula (R$ 53,80). Ambas, servidas com seis fatias, ganham uma camada de molho de tomate pelado italiano. Para acompanhá-las, dividem a preferência do público o cremoso chope Heineken (R$ 6,40 a tulipa) e o tinto chileno Terranoble Carménère 2010 (R$ 69,90), uma das sugestões da carta de vinhos. Sempre presente no salão, a proprietária indica pessoalmente as sobremesas aos frequentadores. Uma de suas preferidas é o sorvete de tapioca com calda de goiabada cascão flambada em conhaque (R$ 16,90).

 

 

 

Armazém da Pizza, no Vale do Paraíba

 

 

Lombardia, com pancetta, cebola caramelada e parmesão FOTO: Ligia Skowronski

Lombardia, com pancetta, cebola caramelada e parmesão
FOTO: Ligia Skowronski

Não é preciso um olfato aguçado para sentir o apetitoso cheiro de pizza que domina os arredores da casa pentacampeã da categoria, cuja decoração remonta aos mercados das décadas de 20 e 30. Um dos trunfos do endereço, esse clima de outrora se estende ao agradável salão com pé-direito alto, janelões, piso de ladrilhos hidráulicos e mesas de madeira escura. Ali, todos os dias, por volta das 16 horas, o time de pizzaiolos abre o expediente e começa a preparar a massa, que descansa por duas vezes antes de ser aberta em discos de espessura média e de seguir para o forno a lenha. Entre as cinquenta variações de cobertura figura a sugestão chamada de peccato, com mussarela, lascas de presunto cru e abobrinha (R$ 52,50). Pelo mesmo preço, a lombardia combina mussarela, pancetta, cebola caramelada e parmesão. Em 2012, Heitor Serra, um dos três proprietários, formou-se sommelier e renovou a carta de vinhos. Agora, a cuidadosa seleção soma 150 rótulos, apresentados aos clientes em tablets. Na adega repousam raridades, caso do chileno Alma Viva 2007 (R$ 680,00), e etiquetas mais acessíveis. Dessa lista, Serra indica o branco Viña Maipo Chardonnay Reserva 2009 (R$ 61,00), do Chile, e o tinto argentino Caitec Pinot Noir 2009 (R$ 65,00). Para o arremate, o tiramisu (R$ 14,50) faz bom par com o café expresso Fazenda Pessegueiro (R$ 3,10).

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s