Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Tatá Werneck nega briga com a sogra e chama Fabíola Reipert de amarga

A comediante se irritou com jornalista e mandou recado

Por Redação VEJA São Paulo 29 out 2020, 11h17

Nesta semana, Tatá Werneck é assunto de jornalistas especializados em celebridades. No quadro A Hora da Venenosa, do Balanço Geral, da Record TV, Fabíola Reipert afirmou que a comediante teria brigado com a sogra, a atriz Valéria Alencar. Tatá tinha parado de seguir a mãe de Rafael Vitti, seu marido.

“Eu realmente parei de seguir sem querer. Não foi só ela pelo que percebi, mas isso mostra que as pessoas estão atentas a isso porque querem que minha relação acabe. Vou mandar geral tomar no c* se ousarem se meter com a minha família”, falou Tatá.

Fabíola Reipert, então, voltou a tocar no assunto e contou, em tom de ironia, o que Tatá respondeu quando perguntada sobre o assunto. “Ai, sério? Eu não sigo a minha sogra? Não tinha reparado”.

Tatá Werneck rebateu os comentários e chamou a jornalista de amarga. “Pior é que foi sem querer mesmo. Eu sou tão desatenta que eu sigo a Fabíola, que é das pessoas mais amargas que eu já vi na vida”, escreveu. 

  • Continua após a publicidade
    Publicidade