Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Oscar Magrini diz que Globo tinha quartinho do pó e de sexo

Declaração polêmica foi feita durante live com Maria Zilda

Por Redação VEJA São Paulo 27 nov 2020, 10h04

Em transmissão ao vivo com Maria Zilda, o ator Oscar Magrini fez declarações polêmicas sobre a Rede Globo. Ao relembrar uma conversa com a atriz Cleyde Yáconis em 1988, ele falou em teste do sofá e de drogas.

“Meu amigo falou: Cleyde, ele quer fazer novela na Globo. Aí ela me olhou e falou assim: para entrar, você precisa participar do quartinho do PC. Eu falei: PC? Quem é? Ela respondeu: É o quartinho do pó e do c*”.

Ele diz que ela ainda interrogou: “Você cheira? Não. Você dá o c*? Eu falei que não. Então não vai entrar. Isso a dona Cleyde Yáconis, uma senhora!” Na sequência, Maria Zilda também acusou a emissora. “Eu sei muito bem como aquilo funcionava, fui casada com diretor. Não é teste do sofá, não. É teste do c*”.

O trecho da fala acontece a partir dos 25 minutos.

View this post on Instagram

A post shared by Maria Zilda Bethlem (@mzbethlemoficial)

A Rede Globo não comentou o caso até o momento.

Continua após a publicidade
Publicidade