Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Nova esquete do ‘Zorra’ provoca polêmica ao ironizar igrejas evangélicas

O humorístico Zorra voltou a causar polêmica na internet ao unir dois temas bastante atuais para fazer piada: igrejas evangélicas e as investigações da Polícia Federal contra empreiteiras. + Mãe compartilha foto mostrando lado “sem censura” da maternidade e faz sucesso + Homem surpreende esposa com centenas de rosas no último dia de quimioterapia A cena, que […]

Por VEJA SP Atualizado em 26 fev 2017, 11h54 - Publicado em 17 jul 2016, 10h34

dani-calabresa-zorra

O humorístico Zorra voltou a causar polêmica na internet ao unir dois temas bastante atuais para fazer piada: igrejas evangélicas e as investigações da Polícia Federal contra empreiteiras.

+ Mãe compartilha foto mostrando lado “sem censura” da maternidade e faz sucesso
+ Homem surpreende esposa com centenas de rosas no último dia de quimioterapia

A cena, que foi ao ar neste sábado (16), mostra executivos de uma empreiteira reunidos em uma sala. Preocupados com a Polícia Federal, os empresários buscam uma solução para se livrar das condenações, numa clara referência à Operação Lava Jato. A secretária, então, sugere contratar Marlene (Dani Calabresa), gestora de crises, com amplo conhecimento de mercado.

Marlene é chamada às pressas para resolver o caso da empreiteira. Ela entra na sala e logo apresenta uma fórmula mágica para resolver o caso. “Marlene, gestora de crise. Aqui, cada um vai pegando a sua bíblia e vai rezando. É o seguinte. Vocês não são mais a empreiteira Lobato e Fagundes Junior Engenharia e Construção. Agora, vocês são a Igreja do Sétimo Tijolo”, disse.

Assista:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=RyPl97dr7CU?start=901&feature=oembed&w=500&h=281%5D

Há mais de dez anos na grade da Rede Globo, o “Zorra” estreou o novo formato em maio do ano passado, apostando em piadas mais críticas e incisivas. Nem colegas de casa, como a apresentadora Gloria Maria, escaparam.

Internautas se dividiram em relação à esquete nas redes sociais:

Alguns elogiaram as piadas da nova fase do programa…

Outros definiram as brincadeiras como de mau gosto, especialmente aquelas relacionadas à religião…

E você, também acha que o programa exagerou no tratamento à igrejas? Ou não? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook.

Continua após a publicidade
Publicidade