Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Mulher ajuda melhor amiga em parto e descobre que bebê é do marido

A jovem de 28 anos relatou como descobriu a traição e disse que o marido teve mais outros dois filhos enquanto estava casado com ela

Por Redação VEJA São Paulo 18 nov 2021, 11h18

Uma situação inusitada que aconteceu nos Estados Unidos ganhou as redes sociais e tabloides pelo mundo. Hailey Mae Custer, de 28 anos, ajudou uma amiga durante o trabalho de parto e acabou descobrindo que o bebê era, na verdade, filho de seu próprio marido. 

+ “Eu me apaixonei pelo homem que me assaltou”

Moradora de Wickenburg, no estado do Arizona, Hailey estranhou uma marca de nascença no pescoço da criança idêntica a do marido. Ela o chamou de modo fictício de Connor, um homem de 36 anos. Encanada, ela confrontou o companheiro e a amiga sobre a “coincidência” e os dois assumiram que mantiveram uma relação.  

A mulher falou a jornais. Ao The Sun, revelou que o agora ex-marido a traiu com pelo menos 30 mulheres durante o casamento. Ele também teve dois filhos de outras relações enquanto estava casado com ela.

A imagem mostra Hailey Mae Custer vestida de noiva ao lado do noivo no dia do casamento
Hailey Mae Custer e seu marido no dia do casamento Reprodução/Arquivo Pessoal/Veja SP
Continua após a publicidade

“Ouvi que a minha amiga estava grávida e sem nenhum amparo, então conversei com ela. Eu senti a necessidade de ajudá-la”, relatou Hayley na entrevista. 

“Criamos uma sociedade de swing secreta”, diz casal que era evangélico

Ela compartilhou a história primeiramente no TikTok. “Tínhamos acabado de chegar do hospital e eu estava trocando o bebê. Quando ela virou o pescoço, o sinal de nascença apareceu. Quando eles são bebês, é muito difícil ver, e eu não estava procurando. O choque tomou conta de mim”, continuou. 

“Quando descobri que minha amiga estava parada ao meu lado, olhei para ela e dava para perceber. Ela não conseguiu dizer nada, apenas abaixou a cabeça e olhou para o chão, e eu simplesmente soube ali. Não houve palavras ditas, eu simplesmente sabia”, completou.  

Continua após a publicidade

Publicidade