Clique e assine por apenas 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Novidades da cultura pop e da internet

Ministro da Educação queria citar Franz Kafka, mas diz “o livro do Kafta”

Abraham Weintraub confundiu o nome do escritor Kafka com Kafta, delicioso espetinho de carne moída.

Por Alexandre Orrico - Atualizado em 8 May 2019, 11h46 - Publicado em 7 May 2019, 15h45

O ministro da Educação do governo Bolsonaro, Abraham Weintraub, se enrolou hoje na hora de citar Franz Kafka, um dos mais influentes escritores do século XX, e uma de suas obras mais famosas, “O Processo”.

Weintraub acabou confundindo Kafka com Kafta, delicioso espetinho árabe de carne moída, ao lembrar de quando foi alvo de um processo administrativo enquanto era professor na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Neste vídeo dá para ouvir em alto e bom som:

Há quem tenha tentado explicar a diferença de uma forma bem visual:

Enquanto em outro tuíte o Xico Sá fez piada com um trecho de “A Metamorfose”, também um livro de Kafka. Os memes levaram a hashtag #Kafta aos Trending Topics do Twitter na tarde desta terça (7).

Na mesma ocasião o ministro disse que seu currículo está “bem acima da média dos últimos 15 ministros que passaram por lá” e que ele “poderia ter entrado na USP aos 14 anos”. 

Publicidade